top of page
  • Foto do escritorDario Alexandre

Pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal

Pós-graduação em Direito penal e Processual Penal: Como escolher?

Escolher uma Pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal necessita atenção em alguns aspectos fundamentais que podem impactar a sua atuação na Advocacia Criminal. 

No artigo de hoje, quero de orientar sobre como escolher sua especialização da forma mais adequada possível para alavancar a sua prática penal. Vamos lá?

Eu sou a Cris Dupret, presido o IDPB, sou advogada consultora, autora de diversas obras jurídicas, pós-graduada em Direito Penal Econômico e Mestre em Direito. 

Coordeno a Pós-graduação em Prática na Advocacia Criminal, a especialização do Instituto Direito Penal Brasileiro inovadora.

Nossa Pós une a teoria necessária à prática, que é fundamental para o exercício da Advocacia Criminal.

A Pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal do Instituto Direito Penal Brasileiro é inovadora, pois une a teoria necessária à prática, que é fundamental para o exercício da Advocacia Criminal.

O aluno do Curso de Pós-graduação, além de obter ao final do curso a certificação reconhecida pelo MEC,  terá a possibilidade de entender todos os aspectos da atuação prática do advogado criminalista.

Aprenda a escolher o nicho adequado de atuação, captação de clientes, precificação, fechamento de contrato, acompanhamento de flagrante, realização de audiência de custódia, atuação no processo penal e em fase recursal. 

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.



Por que fazer uma especialização (Pós-graduação) em Direito Penal e Processual Penal?

Sempre digo que, seguir o caminho do desenvolvimento profissional é a melhor escolha e estratégia para alcançar o sucesso na área penal.

Eu sei que essa escolha pode ser um grande desafio, afinal você precisa fazer uma escolha que esteja alinhada ao seu caminho profissional.

O problema é que você se acostumou a encontrar centenas de anúncios de pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal com aulas extensas.

Infelizmente, elas não são nada focadas na prática da advocacia criminal.

E você vai concordar comigo que dedicar meses e meses da sua vida a uma pós-graduação penal que não agrega valor a sua advocacia criminal prática não é uma boa ideia, pois te faz perder tempo.

Uma pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal que seja genérica ou amplamente teórica jamais será focada naquilo que mais importa:

Um estudo estratégico e prático para que você de fato ganhe experiência e segurança na prática da advocacia criminal.

Assim, para escolher uma pós-graduação, você precisa seguir orientações específicas e estratégicas.

As orientações devem te fazer buscar de forma certeira e não perder tempo assistindo aulas longas de temas que não te trazem segurança para atuar na prática.

Seja para fazer uma audiência de custódia, acompanhar um flagrante na delegacia, fechar um contrato, ajuizar uma ação penal privada e por aí vai, prática é fundamental.

E ainda por cima te conferir a possibilidade de um diploma reconhecido pelo MEC que auxilie na formação da sua autoridade como advogado?

Claro que sim! Para te ajudar nessa pesquisa, vou listar 3 cuidados que você deve ter ao escolher uma pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal, ok?

Como escolher uma pós-graduação em Direito penal e Processual Penal?

  1. O conteúdo prático a ser abordado

Primeiro eu quero te esclarecer que você precisa ter muito cuidado ao escolher uma pós-graduação.

De nada adianta ter mais do mesmo.

Ou seja, teoria, teoria e mais teoria, simplesmente porque isso não será algo determinante na sua advocacia.

Entenda que por mais que a teoria seja importante, ela precisa sempre estar orientada à prática.

Como assim? Vou te explicar: Imagine o tema prisão. Ok, agora imagine as espécies de prisão (pena, preventiva, temporária etc.).

Agora imagine saber detalhes sobre essas modalidades, prazos, hipóteses de ilegalidade e tudo que envolve teoricamente o tema. É importante?

Claro!

A importância da Prática na Pós em Direito Penal e Processual Penal

Mas de nada te adiantará na prática se você não aliar esses conhecimentos teóricos à prática.

Exemplo: atuar em uma audiência de custódia, saber como se portar, identificar quais são os aspectos de cada modalidade de prisão cautelar e por aí vai.

E o problema está justamente aí…

Tudo isso que você precisa na prática, você possivelmente não aprendeu na faculdade.

Porque tudo que você aprendeu foi teoria e depois provavelmente não soube exatamente como usar essa teoria na prática.

Análise do Conteúdo programático na Pós

Ao escolher a sua pós-graduação, analise atentamente o conteúdo programático ou se possível até mesmo o projeto pedagógico.

No conteúdo programático, analise se existe conteúdo prático a ser abordado.

Será ensinada a atuação prática? Há conteúdo direcionado à atuação em sede policial, em sede processual, por exemplo?

Lógico que a teoria é importante e ela deve estar presente no conteúdo, mas o que você precisa pesquisar é se os aspectos práticos de aplicação dessa teoria estão presentes.

Se a pós que você escolher tiver o conteúdo dos crimes em espécie por exemplo, se eles também são ensinados em forma de teses de defesa.

Vou exemplificar: Ao estudar o princípio da insignificância, você também vai aprender em que peças processuais ele pode ser utilizado?

Entenda que você vai dedicar muito tempo à pós, então ela precisa de fato enriquecer a sua atuação profissional na Advocacia.

Não se trata apenas de ter titulação ou será pelo menos uma perda parcial de tempo.

Lembre-se que o benefício da titulação precisa estar aliado ao benefício de ganhar experiência prática.

  1. O reconhecimento pelo MEC em uma pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal

Outro cuidado essencial é verificar a idoneidade da Pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal.

Verifique se ela é reconhecida pelo MEC, se o seu diploma terá validade.

Para ter certeza sobre a regularidade da instituição, o MEC disponibiliza o E-MEC.

O E-mec é um portal que oferece informações sobre as instituições de educação superior credenciadas e os cursos superiores autorizados.

E procure optar por uma pós-graduação em que o TCC (Trabalho de Conclusão do Curso) seja opcional, pois você precisa adequar o estudo a sua realidade de tempo.

Se você tiver pretensão de também atuar no magistério, por exemplo, recomendo fortemente que você opte pelo TCC e curse a disciplina de metodologia.

Caso contrário, você pode dispensar esse opcional.

  1. O material e atividades oferecidas

Muitos não se atentam para isso, ignoram o quanto uma pós-graduação não pode ser composta apenas por aulas em vídeo.

E muitas são exatamente assim:

Aulas em vídeo longas, cheias de teoria, genéricas e te fazendo crer que o estudo de uma pós é igual ao da graduação.

Então não incida neste grande equívoco!

Pesquise se há textos jurídicos de qualidade oferecidos na pós.

Pesquise se haverá atividades que garantam a percepção por parte da área acadêmica de que o aluno de fato está absorvendo o conteúdo.

Exemplo: Entrega de resenhas, respostas a questões.

Não entenda isso como perda de tempo, entenda isso como algo que garante a sua aprendizagem.

Você terá uma biblioteca de textos para estudo?

Como o conteúdo prático é importante, é disponibilizado para você algum material de cunho prático? Exemplo: banco de peças etc

Entenda que a sua pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal precisa ser focada na prática na Advocacia Criminal.

O Instituto Direito Penal Brasileiro, como Instituição de Ensino, já auxiliou na formação de mais de dois mil advogados, notadamente nos aspectos práticos da Advocacia Criminal.

Agora, o IDPB firmou parceria com a Faculdade Signorelli, que possui todos os cursos de pós reconhecidos e cadastrados no MEC.

Bom, se você tem interesse em se especializar em Advocacia Criminal e está procurando uma Pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal com foco em prática na Advocacia Criminal que atenda todas as orientações acima e muitas outras, conheça a nossa Pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal do IDPB.

Nossa pós é 100% EAD, com professores convidados renomados, com o ensino estratégico e focado na prática, reconhecida pela MEC.

Nossa pós-graduação em Direito Penal e processual penal tem amplo material de apoio, com TCC opcional e duração de 6 meses!

Clique aqui e conheça a nossa pós-graduação em Direito Penal e Processual Penal em prática na Advocacia Criminal!

Leia também:

Pós-graduação em Direito Penal: como escolher?
A importância de uma pós-graduação em prática penal para o advogado criminalista
Como se especializar em Direito Penal?

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page