top of page
  • Foto do escritorDario Alexandre

5 dicas de como conseguir mais clientes na advocacia criminal

5 dicas de como conseguir mais clientes na advocacia criminal

Como conseguir clientes na advocacia criminal? Recebo essa pergunta quase que diariamente nas minhas redes sociais, geralmente dos advogados iniciantes que pretendem seguir a carreira na Advocacia Criminal e ainda estão dando os primeiros passos nessa área. Costumo responder que, para aumentar sua carteira de clientes, depende da adoção de várias estratégias. Vamos falar um pouco sobre elas?

Eu sou a Cris Dupret, presidente do IDPB, professora de Direito Penal e advogada criminalista há mais de 20 anos, atuante na área consultiva. Coordeno o Curso de Prática na Advocacia Criminal, onde temos um módulo para o advogado iniciante e trabalho essas questões, assim como outros aspectos importantes para o início da carreira na prática penal.

Curso de Prática na Advocacia Criminal te ensina desde os aspectos mais básicos como o atendimento ao cliente, até as atuações mais complexas como a sustentação oral. E ele está com uma condição imperdível! Para ter acesso vitalício ao curso CLIQUE AQUI e ao fazer sua matrícula, escolha o acesso vitalício – ao invés de 1 ano de acesso, você poderá acessar enquanto o curso existir!

Comunidade Criminalistas de Elite – (CLIQUE AQUITenha acesso aos Cursos de Prática na Advocacia Criminal, Curso Completo de Direito Penal, Curso de Leis Penais Especiais, Curso de Marketing Jurídico, Prática na Jurisprudência Criminal, além de acessar todas as aulas ao vivo, podcasts e integrar um grupo de whatsapp com interação entre advogados de todo o Brasil.

Como captar clientes na Advocacia Criminal

O início na Advocacia Criminal é desafiador! Assim como pode ser em qualquer outro nicho da advocacia. Não é uma particularidade da área criminal. Todo começo de uma carreira profissional é desafiador.

Por esse motivo, sempre trago aqui alguns conteúdos com orientações a respeito desse início da sua carreira na Advocacia Criminal, com o intuito de te ajudar a começar com o pé direito!

Nesse sentido, uma das principais dúvidas nesse começo é justamente como conseguir clientes na advocacia criminal, já que a partir disso, o advogado criminalista vai começar a obter ganhos financeiros.

Então, hoje resolvi apontar 5 dicas importantes para você que já está advogando na área criminal ou quer iniciar a sua carreira na Advocacia Criminal e possui várias dúvidas de como captar clientes.

1 – Faça marketing de conteúdo

Não podemos esquecer que nossos clientes são pessoas como nós! Eles também acessam as redes sociais, analisam conteúdo e verificam se o profissional que desejam contratar possui uma expressividade em sua profissão. É preciso dar publicidade ao seu conhecimento, a sua expertise na área!

Nesse sentido, te faço algumas perguntas: Você está preparada (o) para essa análise exigente do cliente? E você sabe exatamente o que pode e o que não pode fazer de acordo com o Estatuto da OAB? Você conhece todas as ferramentas tecnológicas que os seus clientes estão utilizando? Suas mídias sociais são condizentes com a de outros profissionais que se apresentam como seus concorrentes? Você conhece todas as ferramentas tecnológicas que os seus clientes estão utilizando?

Há diversas estratégias de marketing efetivas para advogados. Em resumo, montar um site que seja atraente e informativo é uma delas.

Se você acredita que pode melhorar e impressionar o seu cliente, fechar bons contratos, deixamos aqui uma dica que pode te ajudar e muito nessa estratégia: é o nosso Curso de Marketing de Autoridade para Advogados!

Os conhecimentos que você irá adquirir neste treinamento permitirão que você alcance o seu objetivo, que é ter uma carreira de sucesso na Advocacia Criminal, tudo de acordo com as regras do Código de Ética da OAB.

2- Faça uma especialização

Se você deseja conseguir mais clientes, a primeira estratégia a adotar é melhorar a sua qualificação! Já falei aqui em outra oportunidade que, estudar em conjunto a teoria e a prática penal é muito importante para os que vão seguir a Advocacia Criminal.

É muito interessante se especializar fazendo um curso de prática na Advocacia Criminal para enriquecer o seu conhecimento prático, para que você tenha segurança em atuar na área. Penso que fazendo um curso prático de Advocacia Criminal, você poderá melhorar e muito a sua prospecção de clientes, tanto pela titulação que poderá divulgar em seu currículo e site, blog, redes sociais, quanto pelo conhecimento que poderá colocar em prática e, realizando um bom trabalho, consequentemente, ganhará mais indicações, com certeza!

3 – Faça parcerias com outros advogado e escritórios

No começo da minha carreira, fiz algumas parcerias que foram bastante importantes para o meu crescimento profissional e financeiro. Portanto, sempre oriento os meus alunos a fazerem parcerias com advogados e/ou escritórios de Advocacia Criminal de outras cidades. Você pode buscar na internet os contatos e mandar e-mail com uma proposta de parceria, marque uma reunião e apresente o seu trabalho.

Além disso, você pode buscar fazer parcerias com escritórios da sua região já consolidados em outras áreas do Direito, que não seja especializado em Advocacia Criminal. Assim, quando eles receberem clientes da área criminal, podem te indicar como especialista. Também é uma ótima forma de captar clientes.

Lembre-se que você precisa apresentar as vantagens dessa parceria. Por que o escritório deve fazer parceria com você?

4 – Inscreva-se como Advogado Dativo

Essa pode ser uma grande oportunidade para captação de clientes e para desenvolver a experiência na prática penal. Defensor Dativo é o advogado nomeado pelo juiz para defender o réu gratuitamente, podendo ou não receber remuneração paga pelo Estado. Conforme cada caso, os Defensores Dativos são remunerados pelos cofres públicos e desempenham uma atividade transitória, pois, normalmente, atuam de forma esporádica em alguns processos ou atos processuais específicos.

Atuando desta forma, você amplia a sua visibilidade na sua região, colocando a sua autoridade e expertise na Advocacia Criminal em prática e, nessa função, conhece muitos profissionais de outras áreas, podendo assim surgirem parcerias proveitosas.

Para se inscrever para uma vaga de Defensor Dativo, o advogado voluntário deve buscar informações acerca da inscrição. Em alguns locais, será na Seccional/Subseção da OAB. Em outros locais, ocorre no Tribunal de Justiça, que pode disponibilizar cadastro, inclusive eletrônico.

5 – Seja um Advogado correspondente

Outra estratégia muito bacana é ser correspondente. A contratação de correspondentes jurídicos tem se tornado cada vez mais comum no mercado da advocacia. Na verdade, acaba sendo uma maneira de economizar para realização de serviços que exigem o deslocamento físico.

Podemos dizer que é uma forma de advocacia colaborativa e você ainda tem grandes chances de ter um retorno financeiro e realizar ótimas parcerias, que podem render bons clientes.

Existem alguns sites que você pode se cadastrar e oferecer seus serviços de advocacia criminal e outros como o Apoio Forense, Migalhas, Linkjur, Dubbio e outros.

Bom, resumindo, quem inicia na Advocacia Criminal deve ter essas dicas em mente para traçar uma meta e conseguir muitos clientes no começo da sua jornada na prática penal!

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page